Apresentar o planejamento, implantação e desenvolvimento do CREA Acelera foi objetivo da reunião on-line entre representantes do CREA-SC e CREA-SP. As experiências foram compartilhadas pelo coordenador do Programa, Eduardo Bridi, doutor em Engenharia de Produção, que considera a possibilidade de expansão para outros regionais.

Pelo CREA-SP, participaram os assessores Gabriela Fuzaro e Selson Carias Gomes Junior. Iniciado na metade de 2023, o programa está consolidado com quase 100 empresas atendidas. Bridi ressalta a importância do estímulo oferecido às empresas registradas, visando melhorias na produtividade e lucratividade. “Empresários têm participado de forma inspiradora e motivadora”, comenta.

Para o CREA-SP, a colaboração com o ecossistema de inovação é essencial para a evolução e transformação digital dos conselhos regionais. “Observando as boas práticas no nosso Sistema, sabemos que o CREA-SC tem alcançado grandes avanços no relacionamento, por meio de parcerias estratégicas de grande valor, que beneficiam a valorização profissional e a transformação digital. Seguimos analisando as metodologias de trabalho e práticas bem-sucedidas, em SC, para identificar oportunidades ao CREA-SP. Essa parceria é de longa data e certeza de sucesso”, afirma a presidente do Crea-SP, Eng. Civil Lígia Mackey.

Pioneirismo catarinense

O presidente do Crea-SC, Eng. Kita Xavier fala da perspectiva de crescimento do Programa. “O CREA Acelera tem potencial de expansão para outros estados, principalmente pelo apoio do SEBRAE. Essa troca de experiências é positiva”. Kita lembra ainda que o CREA-SC é pioneiro em vários projetos e cita o acesso gratuito as Normas da ABNT, iniciativa catarinense estendida a todos os Creas do país.

A Eng. Caroline Burtet, coordenadora regional Sul do Confea, destaca a importância da troca de boas práticas entre os conselhos. “O Confea tem interesse em estimular iniciativas como o CREA Acelera para que mais profissionais e empresas possam se beneficiar.”