O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Mauro De Nadal (MDB), fez uma avaliação positiva da passagem do Programa Alesc Itinerante por Criciúma, nesta semana. Nos dois dias de atividades, terça (2) e quarta (3), as dependências do AM Master Hall, local onde foram realizadas as sessões e reuniões de comissões do Parlamento, permaneceram lotadas.

“Fazemos uma avaliação muito positiva dessa passagem por Criciúma, tivemos a participação de 33 entidades na tribuna da Assembleia, votamos 36 projetos”, disse De Nadal. “A casa ficou cheia nos dois dias, com muita participação popular. Nossa passagem foi bastante produtiva.”

De Nadal reiterou que o Alesc Itinerante poderá ser mantido nos próximos anos. “A ideia é que não se repitam os municípios, que outros municípios recebam o programa, mas que se mantenha o número de cinco sessões nas regiões que representam as bancadas regionais.”

Sobre as matérias aprovadas em Criciúma, o presidente da Alesc destacou a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 6/2024, de sua autoria e assinado por vários deputados, que reserva 25% dos recursos economizados pela Assembleia para as emendas impositivas das bancadas regionais do Parlamento.

“É uma matéria importantíssima, porque ela vem consolidar e fortalecer o trabalho das bancadas regionais da Alesc”, considerou. “Já de imediato vamos repassar 30 milhões de reais, sendo cinco milhões para cada bancada. E eu terei a grata satisfação de estar como governador em exercício no período em que faremos essas entregas.”

No próximo domingo (7), De Nadal assumirá o comando do Estado de Santa Catarina. Ele permanecerá como governador interino por uma semana, em função de viagens internacionais do governador Jorginho Mello e da vice Marilisa Boehm, ambos do PL. Esta será a segunda vez que o deputado assumirá a função – a primeira foi em 2021.

Enquanto De Nadal estiver no Poder Executivo, a Assembleia será presidida pelo deputado Mauricio Eskudlark (PL), 1º vice-presidente da Alesc.